Brinquedos e brinquedas

A mãe de Artur, de 5 anos, conversou bastante com ele sobre questões de gênero, esclarecendo que brinquedo é brinquedo e não precisamos dividir “brinquedo de menina” e “brinquedo de menino”. 
Artur concordou com todas as colocações, mas no final da conversa, lançou:

– Tá bom, mamãe, entendi. Mas eu não quero nem passar batom e nem pintar a unha, tá?

Diversas da Lina 2

Lina, com 3 anos, um pouco brava com alguns alimentos:


– Papai, esta laranja é ogânica! Você gosta?
 

– Sim, e você?
 

– Eu não sou ogânica!


Com soninho, argumentando com sua mãe:

– Lina, tenta dormir sem chupar dedo, você sabe que não é bom pra você…

– Só mais um pouquinho, mamãe, até acabar!

E brincando com um amiguinho, sem medo das coisas da vida:

– Vamos brincar de morrer? – propõe Lina
– Mas antes eu preciso trabalhar. – explica o amigo
 
– Mas eu vou morrer!
 
– Tá bom.

Um carro brilhoso

Em uma tarde, João Vitor (de três anos), vai comprar figurinhas com o filho da patroa de sua mãe e, chegando na banca, repara em um carro bonitão que estaciona ao lado. Com ar de admiração, ele comenta:
– Sabe Diogo, quando eu crescer eu vou ter um carro BRILHOSO igualzinho esse aí.
– BRILHOSO assim? Por quê? Você acha bonito? – pergunta Diogo.
– Nããão. Mas todas as meninas lá da minha rua vão tudo querer entrar no meu carro!

Baby Dino

Pai e filho brincando de Tiranossauro, uma brincadeira cheia de mordidas e abraços…

– Filho, sabe que eu inventei essa brincadeira de dinossauro só para a gente ficar se abraçando? Eu adoro o seu abraço!


– Ah, papai. Se você queria abraço era só pedir, né?

 

(pausa reflexiva)

 

– Papai, você é mesmo um bebezão!

 

dinossauro(imagem: galeria.colorir.com)

Buraquinho

Clara com 2 anos e pouco, explorando sua propria orelha…

 – Mamãe, minha orelha quebrou!

 – Imagina filha, mostra pra mim…
(Clara mostra o buraquinho do ouvido)

– Ah filhota, é só o buraquinho da orelha, todo mundo tem.

 – Mamãe, deixa eu ver seu buraquinho? O papai também tem buraquinho?
orelha
(história enviada pela Graziela)