A fantasia da Martina

A Martina, de 2 anos, ganhou uma fantasia de uma amiga e, assim que chegou em casa, vestiu e saiu pulando, rodando e cantando pela sala.

Sua mãe, ao ver tanta animação, pergunta:

– Nossa filha, o que será que tem nessa roupa para você ficar assim?

E ela, pulando e rodando mais ainda, responde:

– Ai, mamãe, é que meus sapatos são titantes e esse vestido, você não acredita, é rodante!!!!

Diversas do Gael 3

Gael agora está com 2 anos e 10 meses e fazia tempo que não aparecia aqui no blog. Mas isso não quer dizer que ele tenha parado sua incessante produção de pérolas :). Aqui as últimas amostras produzidas no segundo semestre de 2013 e agora no início de 2014:

Refletindo sobre irmãos
– Gael, você quer um irmãozinho? – brinca sua mãe.
– Eu quéo! Um neném? – anima-se Gael.
– É, um nenenzinho pequenininho, bem bonitinho. Você quer?
Quéo!
– Você vai cuidar dele?
.
– Você vai deixar ele brincar com seus brinquedos?
Ãhn?
– Você vai deixar ele brincar com suas coisas, com seus carrinhos, com sua bola?
– Aaaaahhh, não, não quéo imãozío mais!


Pintando
 

Tabe, daquela vez? Eu pintei! – conta Gael.
– Você gosta de pintar? – pergunta seu tio.
– Eu góto!
– E o que você pintou?
– Ah, o papel! 

Com um paladar aguçado

Quéo comê um tizolo!
– O quê, filho?
– Um tizolo!
– Um tijolo???
– Nããão! Aquele de a-ôz com môio!
– Ah, tá, um risoto!
– É, isso, é itôto na vidádi!



Refletindo sobre peixes 

– Mãe, o pêsse picisa de asa, né?
– Não filho, é nadadeira!
Pu quê é nadadeia?
– Pra nadar, filho… quem precisa de asa é o passarinho, pra voar, não é?
– Ma o pêsse já tem nadadeia, agóa ele picisa de asa!

(É, pensando bem…)

Mamando
– Esse mamá é meeeeu! – declara Gael.

– Não, ele é meu! – corrige sua mãe.
Ma o biquinho dele é meu!


No playground

– O que é aquio? – pergunta Gael.
– É um escorregador. – responde sua mãe.
– Posso icoegá?
– Pode! Mas você vai sozinho?
– Não, eu bunda móni!



Na piscina

E finalmente, ele entrou na piscina. E então proclamou:
– Não bunda móni mais.
 
 Com sede e sem brincadeira

Quéo suco di uva! – pede Gael.
– De novo? Sério? – responde sua mãe.
Umhum.

Mas ela estava distraída e esqueceu de atender o pedido. Então, depois de três minutos, Gael volta com um pedido mais claro:

– Mamãe, quéo suco di uva séio!

Gael Quintana
– Gael, o Papai Noel é novo?
– Nãããão! Ele é estagado!
– E você? Você é véio ou novinho?
– Eu sou passaínho!

Bandeira mais limpa

Lina, com 3 anos e 10 meses, parodiou a música do soldado, com um toque refrescante. Sua versão ficou assim:
 
“Marcha soldado, cabeça de papel, quem não marchar direito vai preso pro quartel. O quartel pegou fogo, seu polícia deu sinal. Acode, acode, acode, a BANHEIRA nacional.”

Auto controle

Eric vivia se metendo em encrencas. Com 5 anos, já havia sido convidado a se retirar de duas escolas anteriores. A coordenadora pedagógica da escola atual estava tentando uma abordagem diferente, insistia em manter conversas periódicas com Eric, dando espaço para ele falar mais, lembrando sempre que era importante que ele percebesse melhor seus sentimentos, que se controlasse e extravasasse a raiva de outras formas que não fosse batendo nos colegas.
Em um certo dia, Eric entra na sala da coordenação com o rosto bem vermelho e tentando respirar fundo.
– O que foi Eric? – pergunta a coordenadora preocupada.
– É que eu tô se controlando, tô se controlando!

Álbum de família

Ciara é sobrinha da Ana Paula (a jornalista que fez aquela entrevista com o Jayden), tem 3 anos e 8 meses e mora na Irlanda. 
 
Certa vez, na casa dos avós, Ciara estava dormindo sozinha numa cama enorme de casal. A vovó Elizabeth se aproximou para dar um abracinho e ficar de chamego com a netinha.

 
– Oi, Ciara. Tudo bem?
Mas ela respondeu com muita seriedade:
 
– Prefiro ficar sozinha, por favor.
 
 

Outro dia, ela estava olhando o album de casamento dos pais com a tia Ana.

 
– Olha só a sua mãe, Ciara!
– Que linda!
– E olha o seu pai.
– Lindo, também.
– E esse aqui, quem é?
– É o vovô. Ele tá muito bonito, também…
 
O vovô, instalado na poltrona no canto da sala, ficou todo emplumado.
 
E Ciara completou:
 
-… parece um palhaço!
brum_palhacinho
fonte da imagem:
rabiscosdobrum.zip.net

Dentes permanentes

Theo C. já é um rapaz, mas quando tinha 5 anos e pouco, quis saber:

– Mãe, depois que cai o dente, aí nascem os dentes permissivos, né?

Sua irmã, Lia, logo mais fará 6 anos. Ela acabou de perder seu primeiro dentinho e curiosamente também observou:

– Mãe, agora vai nascer o meu dente persistente, né?

Muito melhor que avião

O Enzo é um menino super esperto, de olhinhos azuis e que adora aviões. Sua casa fica ao lado da pousada dos seus pais, em um lugar paradisíaco onde eventualmente passam helicópteros e outras aeronaves.

Certa vez, meu marido, Mauricio, foi puxar conversa enquanto o pequeno brincava empolgado:

– Que legal este avião, Enzo!

– Isso não é avião, é um heptópteto! – respondeu com aquela cara de “mas você não sabe de nada mesmo, tsc,tsc…”

No dia seguinte, Enzo estava brincando novamente e, dessa vez, parecia que finalmente era um avião…

– Ah, agora é um avião, né? – quis confirmar Mauricio.

Mas Enzo mais uma vez teve que explicar:

– Nããão, isso não é um avião, você não tá vendo que isso aqui é um Fodete?!!