Pra que contar carneirinhos?

Theo, com 5 anos, conversando com o pai antes de dormir:

– Boa noite, filho.
– Pai, sabe o que tem dentro da minha cabeça agora?
– O quê?
– Tem uma linha retângula, que tem uns risquinhos e uns números. São duas linhas retângulas uma assim e uma assim (mostra com a mão uma linha vertical e uma horizontal), aí tem os números e eu fico contando, sabe?
– Seeei. Boa noite, filho.
– Boa noite.

Obs: o pai do Theo é programador e a mãe ficou bem preocupada com essa herança genética se manifestando 🙂

mathematics

Imagem: pixabay

(história enviada pelo Mauricio)

 

Chocolate desobediente

Ceci, com 1 ano e 11 meses, acabou de conhecer o sabor dos chocolates e ganhou um bombom do avô. Sua mãe logo explicou:

– Ceci, agora não. Só depois do jantar.

Passado um tempo, a mãe desconfia do silêncio e vai até a sala ver o que está acontecendo.
Quando chega vê a menina abrindo o bombom não autorizado… Ceci, ao perceber a presença da mãe, joga o chocolate longe e diz com cara de brava:

Cocoiate, fica aí!!!!!

cocoiate