Um carro brilhoso

Em uma tarde, João Vitor (de três anos), vai comprar figurinhas com o filho da patroa de sua mãe e, chegando na banca, repara em um carro bonitão que estaciona ao lado. Com ar de admiração, ele comenta:
– Sabe Diogo, quando eu crescer eu vou ter um carro BRILHOSO igualzinho esse aí.
– BRILHOSO assim? Por quê? Você acha bonito? – pergunta Diogo.
– Nããão. Mas todas as meninas lá da minha rua vão tudo querer entrar no meu carro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *